Agora são horas e minutos - Bem-vindos ao Memories!


05 setembro 2009

A lenda da estrela do mar


Existe uma lenda que diz... que um pequenino e sonhador grãozinho de areia, olhou para o céu, numa noite de luar, e viu uma estrela diferente. A mais bela que ele já havia observado! O grãozinho logo imaginou que aquela cintilante estrela, poderia ser sua namorada...
Passaram-se assim muitos e muitos anos... ela no céu e ele no mar... O grãozinho jurando que se casaria com ela.
Ninguém até hoje sabe se houve realmente um romance entre os dois... 
 

 Mas o certo é que passado algum tempo... apareceu a estrela do mar!



Contada por vó Lou

6 comentários:

  1. Paula Ferro13.9.09

    Adorei o blog. Está delicioso! Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. nossa fico maravilhoso esse blog !!!
    olha eu ouvi na redaçao da escola essa historia:

    Em uma tribo de indios nasce uma bela menina,que era a mais bonita de todas as indias que viviam ali.
    no tempo da guerra o pai dela o chefe pediu a ajuda dos deuses para que ajudassem a derotar os brancos.
    os deuses ajudaram com uma condiçao :
    quando ela fiser 16 anos ela casara com um de meus nfilhos.
    e assim foi feito.
    se passaram os anos e a menina ja com idade foi-se a ficar noiva do filho dos deuses mas so que ela estava apaixonada pela estrela mais brilhante que tinha ali no ceu.
    o filho dos deuses pediu para que ela fizesse um pedido . ela pediu para que ele a transformasse um uma estrela para ela podesse abtar o ceu junto com seu grande amor. ele arrasado com aquilo consedeu o pedido.
    os deuses ficaram sabendo da desonrra da menina e eles a derrubaram do ceu . aprisionandona no mar olhando para o seu grande amor .

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11.7.11

    eu gostaria de ter uma desa estrela

    ResponderExcluir
  4. Anônimo28.10.11

    Lou♥You are a wonderful poet and a storyteller!! Love, Mie

    ResponderExcluir
  5. Anônimo17.4.12

    adoro se block so entro nele

    ResponderExcluir
  6. Anônimo25.4.12

    aaaaaaaaadorei


    de:tauana rosa
    para :blog memorias

    ResponderExcluir