Agora são horas e minutos - Bem-vindos ao Memories!


01 setembro 2009

O tubarão peregrino e o peixinho vermelho


Ilustração de Amália Lage

Era um lindo peixinho vermelho que vivia em meio de belos corais e outros peixes muito coloridos.
Um dia, durante o seu passeio matinal, ele viu uma cena espantosa! Um grande tubarão lutava para se libertar de uma alga gigante que se tinha enroscado em sua cauda.
Quando o tubarão viu o peixinho, pediu-lhe que o ajudasse a se libertar, pois estava muito aflito. O peixinho, assustado, nem conseguia se mexer de tanto medo! Pensava: - Se o liberto, ele me devora! Mas a aflição do tubarão era grande, e o peixinho sentiu muita pena dele. Talvez conseguisse libertá-lo, mantendo-se  longe de sua boca medonha!...
E a vontade de ajudar venceu o medo. Com todas as suas forças, o peixinho começou a correr aos "zigs-zags" e com as suas pequenas barbatanas, foi cortando os ramos da alga, que acabou por libertar o tubarão.
O peixinho vermelho correu para se esconder por trás de um coral, mas o tubarão, todo contente, se aproximou para agradecer-lhe e oferecer sua amizade. Contou-lhe toda a sua vida e dos seus gostos, inclusive o de ser vegetariano. Ele não gostava de carne, só comia algas e plânctons!...
Uffa! - pensou o peixinho, que alívio!
Combinaram fazer um longo passeio por mares distantes... e assim o fizeram. O peixinho vermelho, agarrado nas costas de seu amigo, conheceu lugares lindos e diferentes. Corriam tanto que por vezes até voavam!
Nunca mais se separaram! E diziam à todos: - O medo nos avisa dos perigos, mas quando o vencemos de maneira inteligente, somos vitoriosos!

                                                                                                                                     Lou Ferro

Nenhum comentário:

Postar um comentário