Agora são horas e minutos - Bem-vindos ao Memories!


30 agosto 2009

Samba Lelê


Ilustração de Rie Nakajima   

Samba Lelê está doente,
está com a cabeça quebrada...
Samba Lelê precisava,
de umas duzentas lambadas!


Samba, samba, samba, oi Lelê,
samba na barra da saia, oi Lelê...
Samba, samba, samba oi Lelê,
samba na barra da saia!


Ô menina bonita,
como é que se namora?
- Põe o lencinho no bolso,
deixa a pontinha de fora!


Samba, samba, samba, oi Lêle,
samba na barra da saia, oi Lelê...
Samba, samba, samba, oi Lêle,
samba na barra da saia!


Ô menina bonita,
onde é que você mora...
Moro na rua formosa,
mas amanhã vou-me embora!


Samba, samba, samba, oi Lêle,
samba na barra da saia, oi Lelê...
Samba, samba, samba, oi Lêle,
samba na barra da saia!

*
Esquindô Lelê, esquidô, Lelê, la-la...
Esquidô Lelê, tóca vióla de papo pro ar!
*
O meu boi morreu, que será de mim?
-Manda buscar outro, maninha, lá no Piauí!
*
Ô de ruz- truz- truz,
Ô de raz- traz- traz...
Ora chega, chegadinho,
Ora arreda lá pra trás!

SalvarSalvar

Nenhum comentário:

Postar um comentário